Lugar da delicadeza com o outro e com a própria Liberdade.

Onde se está de acordo com o único modo do humano de ser feliz

Friday, July 03, 2009


Um amiga me escreve: que mistérios tem....? Sua frase me caiu também como um vestido azul. Tanto que me dei a observar a mim mesma, medindo cada uma de minhas reações após ler o seu bilhete. E lhe sou tão grata Jeane quanto você me é rara. Então, descobri um único mistério que ainda me intriga. A memória é meu grande mistério. Repito ainda incrédula. O perdão e o 'pouco caso' estão em mim numa simplicidade imediata! Do mesmo jeito que respiro. É natural e não demora mais que o movimento de inspirar e deixar o ar - rarefeito ou não - chegar aos pulmões. Já esquecer....




Sou obrigada por brincadeiras de muito mau gosto a trocar senhas, vez por outra. Isso é quase uma tragédia para quem não dispõe de boa memória. Mesmo não sendo o meu caso, me chateia. Um elefante, dois, três, quatro, cinco, seis... Quantos desses incômodos mamutes com seu modo ancestral andam à solta por aí, fazendo pirraça e querendo roer uma carcaça do que já se foi? Adianta a pergunta? Não, não adianta, nem move uma linha...



Pois bem, por essa rotina, com a qual até já estou adaptada, tive que reativar uma caixa postal que há muito muito muito tempo não abria. Estava ela lá, bonitinha que só vendo, com suas teias de aranhas e mais de dois mil e quinhentos e-mails quase apodrecidos.... Pena ter que olhar para o que já é passado! E num tempo tão veloz como este. Tão imediato! Tempo que me permite até acompanhar mesa de debates com Chico Buarque e Milton Hatoum no mesmo instante em que fazem suas leituras para a platéia presente na Flip... sou obrigada a rever a tão caixa postal.



Foi para mim uma tristeza confessa. Lá está - estava! já deletei - mais de cinquenta mensagens (vixe!) com nome de persona desagradável até mesmo para minha pessoa atual, dada ao futuro e linkada mesmo no novo - que diga-se de passagem, para mim sempre houve. Como para Shirley Temple ali estava o tempo todo o pássaro azul.





Bom, ainda assim, o tal sujeito ordinário (e não me interesso mesmo pelo seu gênero) tão presente quanto poça de lama e lixo pelas ruas dessa cidade já abaixo do nível do mar chamada Recife. Ah... afirmação assim só me faz lembrar como já vi mar tão azul e de água tão limpa!



Por Deus, amiga Jeane, meus mistérios são muitos. Alguns tão famosos e notórios outros completa e secretamente vividos. Mas este, que agora não é mais mistério algum, estava numa latência de querer uma desculpa que só precisou de uma frase para fazer seu movimento e saiu.



Aqui, quis lembrar as duas coisas juntas. Talvez por buscar no modo versado o caminho de perdoar a mim mesma. São tantos os episódios que vêm me remetendo a essa obscura passagem da minha história, que cometi tamanha espontaneidade de enquanto expurgava-o de uma vez por todas, lembrar que ainda sou dada a mistérios em tal medida. Tanto que uma amiga - mesmo que ainda um pouco distante - tão querida e conhecedora até mesmo dos mistérios de Clarice é capaz de colocar cores mais intensas neles.


São mesmo Jeane, muitos os nossos mistérios nessa vida. Bem sabemos... E um deles é perdoar sempre. O outro é esse aprendizado para conseguir - desse modo transverso - o caminho por onde escapar do labirinto e esquecer. O que aliás nem me resta mais. Falo do labirinto...
Mais mistérios irão me aborrecer nesta vida, eu sei! Nada parecido com o primeiro grande mistério de nascer em busca do ainda não se sabe exatamente o quê! Perto dessa imensidão de possibilidades, qualquer encontro com persona non grata tão emaranhada num episódio desagradável é pura nuvem...
Obscuros mesmos são os contornos que nós mesmas conseguimos imprimir. Quando na dúvida, reforçamos linhas que seriam invisíveis. Vide "a reinvenção das experiências pessoais na literatura", para citar o amigo Carpeggiani, de Catherine Millet e Sophie Calle. Por isso, o maior dos segredos é simples assim:
Nessa vida, o maior de todos os méritos é o silêncio. Ou ainda, o delicado esforço em dar voltas até revelá-los com delicadeza e mestria.

6 comments:

amaliko-kpn said...

彌月禮 彌月禮盒 股市分析 股市億萬贏家 股票行情 股票教學 8股票軟體 實驗動物 徵信 徵信社 外遇 草本茶 養生茶 有機茶 送禮 花草茶 茶包 果粒茶 上海自由行 北京自由行 杭州旅遊 便宜機票 旅行社 旅遊網 泰國清邁 團體旅遊 簽證 水管不通 抽化糞池 洗水塔 消毒 馬桶 馬桶不通 通水管通馬桶 化糞池 抽水肥 團體服 團體服 團體服訂做 手提紙袋 手提袋 包裝紙盒 包裝紙袋 包裝盒 紙盒印刷 紙盒訂裝 紙袋工廠 紙袋包裝 紙袋印刷 漆彈 台中漆彈場 3 漆彈 宜蘭民宿 宜蘭住宿 宜蘭飯店 花東旅遊 訂房網 訂房網 網路訂房 線上訂房 肉毒桿菌

amaliko-kpn said...

Precision Mold 水餃 拉麵 泡菜 美食 食品批發 9團購美食 養生涼麵 麵條 麵條製作 香港自由行 澳門自由行 法律事務所 律師 律師事務所 離婚 搬家公司 Electronic PCB Flex PCB Heavy Copper PCB Industrial PCB Medical PCB Microwave PCB PCB RF PCB Rigid-Flex PCB seo 統一發票3 4月 統一發票7 8月 統一發票1 2月 統一發票9 10月 統一發票9 10月 統一發票5 6月 seo 水晶燈 流行燈飾 原裝進口燈飾 照明 洗包包加盟 洗鞋子 洗鞋加盟 洗鞋店 創業 鞋之澡堂 消防公司 消防設備 消防設備 崴立機電 機電 環保袋 環保袋 環保袋 環保袋 地板施工 超耐磨地板

amaliko-kpn said...

公益彩券 公益團體 捐款 健康食品 慈善 11慈善基金會 慈善機構 愛心捐款 義賣 義賣活動 全身健康檢查 肝癌 身體檢查 健康檢查 乳癌 外遇 徵信社 徵信 Odm Oem代工廠 塑膠射出 塑膠射出成型 塑膠射出模具 模具 模具設計 模具廠 室內設計 裝潢 工商登記 公司登記 投審會 會計師 會計師事務所 OBU 素食月子餐 網頁設計 網頁設計公司 seo 關鍵字廣告 網路行銷 網路廣告 水餃 台北素食餐廳 吃素 素食 素食水餃 素食餐廳 健康飲食 團購美食 素食食譜 素食料理 麻糬
團購美食 彌月禮盒 交友 相親 相親銀行

amaliko-kpn said...

滷味加盟 滷味宅配 滷味批發 滷味食材 滷雞翅 12滷雞腳 魯味 店面出租 店面出售 店面租賃 租店面 租辦公室 買辦公室 店面出租 皮膚科 皮膚科診所 肉毒桿菌 肉毒桿菌瘦臉 柔膚雷射 玻尿酸 飛梭雷射 脈衝光 除斑 iso iso認證 Ohsas 18001 品質管理 教育訓練 台北搬家公司 桃園搬家公司 搬家公司 新竹搬家公司 搬家公司 整形 整形 韓風整形 韓風整形 早餐店加盟 創業加盟店 創業開店 開店創業 巴里島 牙周病 牙周病治療方法 牙齒美白 植牙 植牙費用 沙發 上順旅行社 大興旅行社 五福旅行社 天喜旅行社 天福旅行社 日本自由行 日本訂房 日本旅行社 日本旅遊 日本機票 洗包包

amaliko-kpn said...

DC Jack 徵信社 心絲蟲 白內障 狗皮膚病 動物醫院 腎衰竭 寵物住宿 寵物醫院 獸醫師 獸醫院 13出軌 徵信 徵信公司 徵信社 外遇 通姦 植牙 加盟 早餐店加盟 創業 化糞池 馬桶不通 通馬桶 清潔公司 中華湯包 彌月蛋糕 手工水餃 水餃 加盟創業 宅配美食 冷凍宅配 創業加盟 湯包 中華湯包 湯包 月子中心 坐月子 坐月子中心 坐月子餐 到府坐月子 坐月子中心台中 坐月子中心台北 月子餐 滷味 月子餐外送 月子餐食譜 結婚金飾 鑽石婚戒 塑膠袋 塑膠袋批發 塑膠袋工廠 塑膠袋 塑膠袋批發 飛梭雷射

amaliko-kpn said...

化妝品包裝 化妝品盒 紙盒 彩色印刷 彩盒 14藥盒 老人癡呆症 情緒管理 慈善 慈善基金會 慈善機構 婚友 婚友社 婚友聯誼 婚友聯誼社 愛情公寓 聯誼 Hook and Loop 加盟創業 健康滷味 洗包包加盟 洗鞋加盟 Injection Mold Injection molding Light guide panels Mold design Mold development Plastic injection molding Plastic injection Plastic Products apartment 日租套房 台北日租 台北民宿 酒店式公寓 汽車美容 汽車美容 汽車美容 訂婚喜餅 訂婚禮盒 喜餅 喜餅價格 喜餅禮盒 彌月送禮 肉毒桿菌瘦臉 整型診所 醫學美容 醫學美容診所 外遇 徵信 徵信社 月子中心 美國月子中心 美國月子中心 美國月子中心 團體服