Lugar da delicadeza com o outro e com a própria Liberdade.

Onde se está de acordo com o único modo do humano de ser feliz

Tuesday, June 14, 2011

Carminha

Menina dos pés descalços em asas e saltos! Pare um pouco e respire fundo. Não se perca em duro asfalto. Correndo tanto por esse mundo. Já sabe onde quer chegar? Não lhe bastam as fronteiras da Torre? Não aprendeu modo simples de caminhar. Parece sempre voar baixo e não quer nunca mais parar. Menina de vestido rasgado, seu sonho é ir no mercado, comprar tecido florido e adereço rendado. Aposto que essa menina dos pés tão alados, em seus sonhos paga mesmo um dobrado, pra ter seu canto de terra e casa de vasto telhado.

Frequenta a igreja da torre, a missa pra santa luzia, sabe de cor salteado cada trecho do livro litúrgico. Não perde as contas do terço, lida com os fundamentos da igreja, de um jeito mais que cirúrgico. Repele os olhares sobre ela, porque vai se manter donzela, até que um dia lhe caia de amores, o primo caçula que apelidou-lhe gazela.

Essa menina, escute agora, a prece que faço por ti, que nesse mês de festejos juninos todos os santos protejam teus sonhos, não apenas o santo de nome antônio. Mas também o João e o indeciso Pedro que por três vezes negou o amor e dedicação à essa filha do meio. Que toda abundância recaia sobre a terra que com carinho tocaia, zela e trabalha diariamente nela.

Por tudo que já fez pelos filhos, irmãos, primos, primas, sobrinhas e sobrinhos. Por todos que em tua vida ajudaste regando teu sonho de construir um bom ninho. Onde nos dias de sol acolhe a familia e os amigos e em dias de chuva chora tua solidão baixinho.

2 comments:

Sidney Nicéas said...

Legal seu Blog, Georgia! Textos poéticos, concisos, profundos... Parabéns! Sidney Nicéas (www.de2em2.blogspot.com)

Geo said...

Sidney, muito prazer em conhecê - lo e saber que agradou passar por aqui. Lerei você.

Abraço,
Geórgia